5 etapas para gerir sua empresa com excelência

Grande desafio para os empresários, a gestão da empresa impacta diretamente na saúde financeira do empreendimento. Para gerir o patrimônio com excelência, proprietários de lojas de calçados devem conhecer o próprio negócio.

Para ter sucesso no comércio calçadista, é imprescindível ter boa localização, excelente atendimento e diversos produtos com qualidade. Se você tem tudo isso, mas chega ao final do mês e nem sempre se depara com resultados financeiros satisfatórios, provavelmente boa parte do seu lucro está repousando no estoque. E essa, talvez, seja a questão que mais atormenta os empresários do comércio varejista de calçados. 

 

Afinal, o que fazer para administrar os estoques?

O que custa mais: deixar de atender um cliente pela falta de produtos, ou arriscar fazer um estoque maior e acabar gerando o temido encalhe? Para enfrentar este problema, existem diversas técnicas e oportunidades para donos de lojas de calçados. Elas podem ser aproveitadas para o desenvolvimento de uma boa administração e manutenção de estoques. Estes sistemas aplicam formas e conceitos de gestão de estoques, e possibilitam o planejamento dos recursos financeiros investidos no mesmo de forma metódica e analítica. Tudo isso, considerando o volume de vendas passadas, o volume disponível na loja para venda imediata, e a expectativa de vendas no período futuro.

Estas técnicas de gestão buscam reduzir – ou eliminar – as faltas e excessos de produtos. As faltas resultam em perdas nas vendas, descontentamento dos clientes e enfraquecimento do negócio. Já os excessos trazem transtornos e perdas por vencimento do prazo de validade, além de complicar o fluxo de caixa do negócio.

Um dos principais erros cometidos pelas empresas começa na formação do estoque. Para prevenir deslizes, o empresário precisa seguir as cinco etapas abaixo, e se perguntar constantemente essas questões:

1 – Qual a demanda esperada de vendas? Vou comprar por experiência ou intuição?

2 – Quanto tempo leva a reposição? Conheço todos os meus fornecedores?

3 – Quanto custa perder um cliente por falta de um produto?

4 – Quanto custa manter o estoque? (lembre-se: estoque é dinheiro!);

5 – Existe área suficiente para o estoque dos produtos?

Já que estoque representa dinheiro, nenhuma empresa gosta e nem deve mantê-lo parado. Saber administrá-lo corretamente evita o comprometimento de recursos financeiros da empresa, além de atingir o ponto de equilíbrio entre as compras, vendas, recebimento e estoques.

Com a atual “crise mercadológica” o empreendedor precisa buscar relacionamentos cada vez mais duradouros e rentáveis para o negócio não sair do trilho, e uma das grandes oportunidades que mitigam este risco, é optar por um negócio em rede. Diversas marcas estão se aliando para racionalizar o processo e, por meio da escala, adquirir melhores condições em produtos e na logística de distribuição.

Empresa de Lajeado, no Rio Grande do Sul, a LOJAS CALCI tem mais de 40 anos de experiência no setor varejista de calçados e formatou o seu modelo de negócios em franquia. Por meio desta inteligência, em pouco tempo conta com mais de 20 Lojas no Sul do Brasil. O objetivo da rede é centralizar o controle de estoque, a fim de aumentar a vantagem competitiva sobre a concorrência. Também se concentra em expandir o poder de barganha para que os consumidores encontrem produtos de extrema qualidade a preços acessíveis.

A rede desenvolveu um modelo que facilita o empresário do setor calçadista obter rentabilidade muito maior nas compras e aperfeiçoar o gerenciamento do estoque. Se você tem interesse em conhecer esta oportunidade de negócio, entre no site www.lojascalci.com.br ou clique aqui para que um dos consultores entre em contato e explique as vantagens de se tornar um parceiro de negócios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *