Franquias promissoras para 2019

Para iniciar o ano com o pé direito, e tirar de uma vez os planos do papel e colocar em prática, você deve estar muito preparado e atento aos melhores negócios para investir.

A cada ano, novas franquias surgem ou, até mesmo, um novo jeito de fazer determinado serviço.  De acordo com previsão da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor deve manter o crescimento na faixa de 7% a 8% em faturamento e cerca de 2.800 novas redes.

Alguns nichos apresentam crescimento acentuado e, com isso, podem lucrar mais. É o caso das franquias de calçados e sapatos, que aumentam cada vez mais o seu potencial de faturamento, por se tratar de um mercado com mais de 100 milhões de brasileiras comprando diariamente, seja para seus maridos, filhos e principalmente para uso pessoal.

De acordo com o canal Infomoney, o brasileiro consome em média 4 pares de sapatos por ano.

Iniciar um negócio do zero não é uma tarefa fácil, afinal, diante de questões econômicas, todo cuidado é pouco quando se trata de investimento. No entanto, as franquias representam uma boa alternativa para quem deseja abrir o próprio negócio, sem correr tanto risco.

Até porque, quando se trata de franquia, etapas como montar um plano de negócios, de marketing ou registrar uma marca, são excluídos do processo. Esse modelo de negócio já conta um sistema estruturado, que por sua vez facilita a vida dos menos experientes e ajuda a multiplicar o ganho dos que já atuam no ramo específico e buscam aumentar ainda mais o faturamento de seu próprio negócio.

 

O Boticário

Com mais de três mil lojas espalhadas pelo Brasil, a marca atua há quase 40 anos no setor de cosméticos e dá preferência para os que já são franqueados na hora de abrir novas lojas, mas não deixa de selecionar outras pessoas para fazer parte da franquia. Hoje, para abrir uma unidade da rede é necessário investir cerca de 250 mil reais.

Tudo começou na década de 70, em Curitiba, com uma farmácia de manipulação produzindo cosméticos e, em 2010, se formava o Grupo Boticário que é composto por marcas como Eudora, criada em 2011, “Quem disse, Berenice” e da The Beauty Box, ambas lançadas em 2012. A holding emprega mais de sete mil pessoas.

No começo, o negócio era focado apenas em medicamentos dermatológicos. A maioria dos clientes eram mulheres e muitas esperavam ali mesmo na loja para levar o medicamento manipulado. Nessa época, começou-se a fazer cremes faciais à base de algas marinhas e colágeno com receitas exclusivas. O sucesso das fórmulas logo se espalhou pela cidade, e rapidamente a receita com os cosméticos foi crescendo.

Para a expansão do negócio foi essencial a abertura de uma segunda loja, em 1979, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba. Gente de diversas regiões do Brasil demonstravam interesse pelos produtos demonstrando interesse em revende-los. Um ano depois, em 1980, foi aberta a primeira franquia – nesse tempo o temo franchising ainda era pouco conhecido e se iniciavam as primeiras ações do tipo. Alguns anos depois, O Boticário chegava a marca de 800 lojas no Brasil.

Apesar da grande força e expansão do meio digital, com a própria empresa investindo em e-commerce, a empresa ainda foca muito nos pontos de venda (PDVs) porque acredita que eles são os grandes responsáveis por passar a experiência de consumo ao cliente, que pesquisa na internet mas efetiva a compra em alguma unidade da rede. Hoje, o portfólio já ultrapassa mais de 9 mil itens.

 

Lojas Calci

A Lojas Calci é hoje a maior franquia do ramo na região Sul do Brasil. São 25 lojas em funcionamento e outras em implantação nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Com apenas cinco anos de atuação, a Lojas Calci já conquistou por duas vezes o Selo de Excelência da Associação Brasileira de Franchising (ABF) e busca três tipos de parceiros para ampliar sua atuação no país: empreendedores, investidores e comerciantes que já atuem no ramo de varejo de calçados, mas que queiram expandir seus negócios ou mesmo inovar para crescerem em um mercado cada vez mais competitivo.

Para isso conta com uma série de atrativos para os futuros franqueados, como rentabilidade comprovada, facilidade de operação, tecnologia exclusiva, garantia de inadimplência zero e acompanhamento permanente da franqueadora, com controle de vendas, de estoque e outras ações de venda e administrativas.

Para os clientes os incentivos também são interessantes, uma vez que as lojas oferecem produtos de marcas consagradas e exclusivos, com preço de mercado, atendimento diferenciado e acesso facilitado ao crediário.

Para saber mais: www.lojascalci.com.br

 

Subway

A rede Subway, que oferece lanches saudáveis e personalizáveis, possui atualmente mais de duas mil unidades em todo o Brasil. Para fazer parte da rede como franqueado, o investimento é de no mínimo 300 mil reais.

Fundada em 1965, por Fred Deluca, a subway começou a franquear a partir da década de 70 e está presente em mais de 90 países. Já no Brasil, a história começa em 1993 e leva um tempo para crescer. O plano de expansão, na época, demorou pra engrenar aqui porque a marca ainda não era muito conhecida e possuía custo elevado. Em 2002, a marca tinha apenas 2 unidades no Brasil, em 2010 chegou a mais de 400.

Nos últimos 15 anos, a rede se reestruturou e modificou a sua forma de expansão concentrando-se na operação e baseando-se no que deu certo em lugares como Nova Zelândia, China e Trinidad Tobago.

Foram criados os agentes de desenvolvimento, responsáveis por garimpar potenciais franqueadores em cada região, que por conhecerem o mercado brasileiro local e conversavam com os interessados em inaugurar uma unidade da empresa, fazendo a avaliação do ponto e realizando o estudo necessário para viabilizar a operação.

A ação gerou resultado. De 2004 para 2005, a empresa foi de 12 para 24 restaurantes – um ano depois, em 2006, já eram 75 unidades e no ano seguinte, o número chegou a 120.

Depois de se chegar as 100 lojas, o marketing que era local e focava no ponto de venda, com panfletagem nos arredores e ações locais, começou a investir em outros tipos de ação com verba para em TV a cabo e aberta, outdoors, internet, e revistas.

 

Cacau Show

Em 2015, foi a rede de franquias mais procurada pelos brasileiros, com quase duas mil unidades. Uma franquia da marca tem um investimento médio de 100 mil reais, sendo que o faturamento médio mensal é de 70 mil reais, e o retorno do investimento leva de 18 a 24 meses.

A Cacau Show se destacou por saber se posicionar em um mercado extremamente competitivo, mas de forma inovadora. A empresa é a maior rede de chocolates finos do mundo e destacou-se perante a concorrência ao vender mais do que chocolate, vende experiência e presente! Como assim? Isso mesmo! A empresa se destacou por oferecer diversos tipos de produtos que são vistos pelo consumidor como parte do segmento de “pequenos presentes” em que a pessoa compra algum produto, kit ou promoção dando chocolate como presente. Inclusive, a rede compete diretamente com O Boticário – muitos daqueles que se interessam em abrir uma franquia da rede de cosméticos também tem interesse na marca da Cacau Show.

Segundo, o fundador da Cacau Show, o crescimento começou de forma espontânea, a pessoa entrava para a companhia como distribuidor e acaba virando franqueado. “E aí foi ano a ano, empreendedor a empreendedor, cada pessoa que se juntou a nós, foi passando de distribuidor para franqueado, lojista e por aí vai. Aí a gente começou a expandir, e as pessoas queriam porque queriam e virou esse negócio. Em pouco mais de uma década, fomos de uma loja para duas mil, fruto do potencial de um negócio, de um segmento de mercado que estava inexplorado”.

Se você gostou deste artigo, não deixe de compartilhar ele em suas redes sociais, e entre os seus amigos. Ele é muito importante para auxiliar de forma assertiva na hora de realizar uma boa análise e um investimento seguro.

Caso tenha dúvida, e queira saber mais sobre franquias. Entre em contato com nossa equipe agora mesmo e descubra os grandes segredos deste mercado que não para de crescer a cada ano que inicia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *